Cadeado na porta

Jogo entre Rio Branco e Fast do Amazonas que acontece no Acre será fechado a torcedores por falta de laudo técnico

O jogo entre os times Rio Branco e Fast, do Amazonas, que acontece no próximo domingo (12), às 17 horas, no Estádio Arena da Floresta, na capital acreana, pela Série D do Campeonato Brasileiro, corre o sério risco de não ter público para assistir á partida.

Ocorre que a administração do estádio Arena da Floresta tinha até esta quinta-feira (9) para requisitar um laudo de inspeção da Vigilância Sanitária, e segundo as regras da Confederação de Futebol, sem esse aval, as portas do Arena não poderão ser abertas ao público.

Para piorar ainda mais a situação do torcedor do Rio Branco, a competição não terá transmissão pelas equipes esportivas da Rádio Difusora Acreana.

Arena da Floresta poderá ter jogo a portas fechadas neste domingo/Internet

Segundo servidores emissora, responsável pelas transmissões radiofônicas, o governo do estado, por meio da Secretaria de Comunicação, não vem dando qualquer apoio logístico ou mesmo material para que as transmissões possam acontecer.

“O sistema público da Difusora Acreana nem sequer tem carro para levar a nossa equipe aos estádios. Usamos a nossa internet pessoal, usamos nossos próprios veículos, e até a gasolina tem que sair do nosso bolso. Se a partida do Estrelão contra o Fast fosse hoje, não haveria transmissão, e se até domingo, dia do jogo, a nossa equipe não tiver as condições que necessitamos, não iremos transmitir nada”, disse um repórter da rádio que pediu para ter o nome preservado.

Tentamos falar com a secretária de Comunicação do governo, Silvania Pinheiro, sobre o assunto, mas, como sempre, ela não atendeu às ligações.

Nota do editor às 18h33

O laudo técnico-sanitário foi emitido e o jogo entre o Rio Branco e o Fast será realizado com os portões abertos, conforme informado pelo repórter esportivo Paulo Roberto, da Rádio Difusora Acreana.

Eis cópia do documento enviado à redação do Diário do Acre: