VIOLÊNCIA RACIAL

80% dos mortos pela polícia no Rio de Janeiro em 2019 eram negros ou pardos

No dia 8 de fevereiro de 2019, uma operação policial na comunidade do Fallet, em Santa Teresa, terminou com 13 mortos. Entre eles, 9 eram negros ou pardos. A proporção se aproxima da média estadual: 80,3% dos 885 mortos (711) em ações da polícia no primeiro semestre de 2019 no estado do Rio de Janeiro eram negros ou pardos.

Os dados são os mais recentes do Instituto de Segurança Pública (ISP), órgão do governo estadual (veja outros dados do ISP abaixo). Os números contrastam com outro percentual divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): 54% da população do estado se declara preta ou parda.

O percentual de negros entre os mortos pela polícia no estado do Rio de Janeiro no primeiro semestre de 2019 é semelhante ao do conjunto do país em 2018, divulgado pelo Anuário Brasileiro de Segurança Pública. Segundo a publicação, naquele ano eles representavam 75,4% das vítimas mortas pela polícia em todo o Brasil.