A CPI das Apostas, Kajuru e o Acre

O Senado instalou na semana passada a CPI das Apostas Esportivas, criada para apurar denúncias de manipulação no futebol, e que será presidida por Jorge Kajuru (PSB-GO). Na abertura dos trabalhos, passados nove minutos das apresentações, eis que Sérgio Petecão (PSD-AC) provoca Kajuru:

— Presidente, um dia desses, eu ouvi Vossa Excelência dizendo que abriu mão das suas cotas de passagem.

Kajuru responde:

— É claro!

Petecão rebate:

— Eu queria que o senhor morasse no Acre, para o senhor abrir mão da sua cota. (Risos.)

E Kajuru argumenta:

— Não, mas eu sempre defendi isso, gente: como é que eu vou questionar o Plínio Valério, que é de Manaus, e a cidade dele fica a 12 horas de Manaus, e ele tem que ir de barco, não é isso? Pelo amor de Deus! Eu falei para o Eduardo Braga: “Eu amo o Amazonas, mas morar lá…”. Eu não moraria, não. O que é isso? E, Goiânia a Brasília, duas horas. Então…

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre