Alckmin: ‘Lula representa a própria democracia e é a esperança do Brasil’

Em seu discurso de filiação ao PSB nesta quarta-feira (23), Geraldo Alckmin disse que Lula (PT) “representa a própria democracia” e representa o “sentimento de esperança” do povo brasileiro. O ex-governador de São Paulo acertou sua entrada no partido depois de mais de 30 anos no PSDB. 

A expectativa é que ele seja candidato a vice em uma chapa com o petista. “Temos que ter os olhos abertos para enxergar e a humildade para entender que ele [Lula] é hoje quem melhor interpreta o sentimento de esperança do povo brasileiro. Ele representa a própria democracia porque ele é fruto da democracia”, declarou. O ex-governador também lembrou que enfrentou Lula nas eleições de 2006.

“Alguns podem estranhar. Eu disputei com o presidente Lula a eleição em 2006 e fomos para o segundo turno, mas nunca colocamos em risco a questão democrática. O debate era de outro nível, nunca se questionou a democracia”, disse. 

Alckmin disse ainda que mantém conversas com o ex-presidente e que não há data definida para o anúncio da chapa. “Também vejo que não tem nenhuma pressa para isso. Importante foi a definição do PSB, uma definição de responsabilidade e compromisso com o Brasil, de apoio ao presidente Lula, baseado na defesa da democracia, da retomada do emprego e renda no Brasil”, ressaltou.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre