Persistência e fé

Banca do Jânio: Em época de crise, uma história de sucesso

O cruzeirense, Jânio Lopes de Lima (41), ao ser demitido da Emurb, em 2016, não imaginava que ali nascia uma grande chance. Com esposa, duas filhas e vendo o desespero se aproximar, pegou o valor que recebeu da rescisão e viajou para Cruzeiro do Sul. A ideia inicial era trazer biscoito e farinha para revender aos mercantis e supermercados da capital.

Ao retornar para Rio Branco, não conseguiu vender sequer um quilo de farinha para nenhum mercado. Tudo que lhe restava era R$ 50 reais e um dilema: comprar comida para a esposa e filhas ou uma máquina de lacrar sacolas plásticas. Foi aí que entrou a fé e persistência da esposa, Dona Taynara,  “Nós temos farinha e biscoitos. Fome não passaremos”. Afirmou ela.

Café da manhã. Foto/Efraim Melo-Diário do Acre

E assim foi feito. A máquina de lacrar sacolas foi comprada e o casal enxergou que a venda no varejo era uma boa alternativa. “A primeira vez que a Taynara colocou uns pacotes de farinha para vender na calçada, vendeu tão rápido que eu achei que fosse alguma brincadeira dela”. Diz o emocionado, Jânio. E durante três anos, Jânio e Taynara, venderam na banca situada ao lado do colégio Alternativo, no conjunto Esperança, as mais diversas iguarias vindas do Juruá.

Espaço próprio

Na manha deste sábado (22), Jânio inaugurou em espaço próprio e aconchegante, a Banca do Jânio/ Casa de Farinha e Distribuidora Cruzeiro do Sul. Agora, além dos produtos que sempre vendeu, o empresário tem produção própria de quase todos os produtos que vende. “Só a farinha e o biscoito continuam vindo de Cruzeiro do Sul. Todas as outras coisas, produziremos aqui”. Disse  Jânio . Só na produção trabalham cinco pessoas, todas vindas de Cruzeiro do Sul. A maioria, da família do casal.

Produção. Foto/ Efraim Melo-Diário do Acre

O espaço conta ainda, com ambiente para se tomar um delicioso café da manhã, em sistema self servisse, com produtos regionais. Principalmente, de Cruzeiro do Sul. O café da manhã funciona todos os dias da semana de 7h às 10h. A Banca do Jânio também funciona todos os dias de 7h às 19h. “ Foi a persistência em não abandonar minha família, somada a muita garra e fé que tudo deu certo. Graças a Deus” Comemora Jânio.

Endereço e produtos

A Banca do Jânio/ Casa de Farinha e distribuidora Cruzeiro do Sul, fica na rua Avestruz número 318- Nova Esperança (ao lado da igreja Filadélfia)

Telefone: 999 18 6110

Os produtos mais procurados são a farinha de tapioca, biscoito de goma, pé de moleque, farinha de cruzeiro; normal e com coco, rapadura, óleo de copaíba, tapioca de forno, alfenim, entre muitos outros.

Produtos regionais. Foto/Efraim Melo