Bolsonaro decreta redução dos impostos para a compra de carros e eletrodomésticos

O governo federal publicou na última sexta-feira (25) um  decreto que reduz as alíquotas do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). A medida alivia a carga tributária na produção de automóveis, eletrodomésticos da chamada linha branca – como refrigeradores, freezers, máquinas de lavar roupa e secadoras – e outros produtos industrializados. O texto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), consta em edição extra do Diário Oficial da União (DOU).

O anúncio do corte de 25% nas alíquotas do Imposto deverá reduzir preços nas concessionárias e dar mais fluidez ao mercado de automóveis, informa fonte do mercado. Os negócios estavam em ritmo lento, à espera da medida, admitem fontes da área econômica.

Segundo as informações, a redução do imposto pode, inclusive, atingir os veículos que já estavam faturados, informou um integrante da equipe econômica. Essa reversão já foi feita em outras ocasiões.

Confederação Nacional da Indústria celebra redução do Imposto

Em comunicado, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) celebrou a redução do IPI ao enfatizar que a indústria é o setor mais tributado da economia no país. 

De acordo com a entidade, a tendência é haver uma redução dos preços dos produtos industriais, com impactos na inflação, já que os preços do segmento representam 23,3% do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre