Bolsonaro: ‘Não entro em campanha de estado nenhum, senão não trabalho’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) disse, nesta quarta-feira (6/4),  que não se envolve em campanha eleitorais nos Estados para não ficar “maluco”. O comentário foi feito com apoiadores durante tradicional conversa em frente ao Palácio do Planalto. 

De acordo com o chefe do Executivo federal, é “impossível” fazer seu trabalho e negociar sobre as bancadas estaduais.

“Você é candidato a alguma coisa? Pretende ser candidato a alguma coisa? Eu não entro em campanha de estado nenhum, fico maluco se eu começar a apoiar um aqui e outro ali”, afirmou Bolsonaro a um apoiador que comentava as eleições.

Questionado sobre a fala, Bolsonaro respondeu o apoiador. “Por que eu não entro nessa de campanha? Senão não trabalho! Não consigo produzir nada para o Brasil. Imagine eu negociando bancada em cada estado?”, ponderou.

Mesmo com a fala, Bolsonaro já anunciou o apoio a Tarcísio de Freitas (Republicanos) na corrida eleitoral paulista. A decisão gerou insatisfação de alguns políticos membros da legenda do presidente, que informaram que apoiarão o governador Rodrigo Garcia (PSDB) nas eleições de outubro.

Um grupo com 132 políticos do PL anunciou o apoio ao atual governador de São Paulo na noite da última terça-feira (5). Isso se deve tanto a uma união dentro do partido, como ao fato de Garcia ter um perfil conciliador e já conhecer o estado.

Bolsonaro respondeu a outro apoiador na saída do Palácio e o orientou a não iniciar a carreira política como vereador.

“Com todo respeito a você, tem que amadurecer um pouquinho mais para falar em campanha. Ainda mais agora que diminuiu bastante o número de candidatos. A barra é pesada”, ressaltou.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre