Massacre da serra elétrica

Com aumento de 125% nas derrubadas, Acre é campeão em desmatamento

O Acre foi o campeão proporcional em desmatamento depois de ter apresentando uma alta de 125% no total de área desmatada entre agosto de 2018 e abril deste ano. O levantamento foi divulgado pelo Instituto Imazon, segundo o qual a devastação saiu de 55 quilômetros quadrados para 124 quilômetros quadrados nos oito meses analisados.

Segundo o estudo, os dados proporcionais deixaram o estado no topo do corte de árvores, superando o Amazonas – que no mesmo período desmatou 67% a mais – e o Pará, que chegou a ter um aumento de 44% na quantidade de áreas que sofreram derrubada. Já o Mato Grosso apresentou uma redução de 22% da devastação este ano em comparação com anos anteriores.

Em termos proporcionais, estado lidera o ranking/Internet

Em termos absolutos, o Pará aparece como campeão no ranking, chegando a devastar 787 quilômetros quadrados, seguido pelo Mato Grosso, que cortou árvores de áreas que chegam a 502 quilômetros quadrados.

Apenas os dados de abril apontam para o aumento geral de 2% do desmatamento. Na relação, seguem ainda a seguinte ordem na devastação: Mato Grosso (31%), Amazonas (30%), Pará (16%), Rondônia (12%) e Roraima (9%).