Tem que pagar

Com salários atrasados funcionários de empresa terceirizada cruzam os braços em Brasiléia

Os funcionários terceirizados que executam a limpeza do hospital regional Wildy Viana, em Brasiléia, resolveram cruzar os braços nesta quinta-feira (13) por causa dos constantes atrasos em seus salários.

Somente os serviços essenciais estão garantidos. A limpeza geral está suspensa o que poderá acarretar sérios problemas dentro da unidade hospitalar.

Um funcionário que preferiu não se identificar, temendo ser demitido, falou ao site Diário do Acre, que eles estão em busca de receber o 13° salário de 2018 e três meses de 2019. ”Estamos enfrentando sérios problemas. Com as contas atrasadas e acumulando. Até que a situação seja resolvida, ficaremos de braços cruzados”. Disse o funcionário.