CPAC tem crítica indireta a Zema e Caiado sobre 2026: “nosso líder é Jair Bolsonaro”

Em discurso durante o CPAC Brasil 2024 neste sábado (6) em Balneário Camburiú, em Santa Catarina, o deputado estadual da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) Gil Diniz (PL) fez críticas indiretas aos governadores de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), e de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil), por se pré-candidatarem às eleições em 2026.

“Vocês devem ter notado que ultimamente tem alguns governadores, figuras de posição nacional, já lançando seus nomes à presidência da República. O nosso líder, o nosso pré-candidato à 2026 se chama Jair Messias Bolsonaro”, disse ele. “Enquanto Filipe Martins estiver preso, é uma vergonha que estes se lancem candidatos, tendo o nosso presidente Jair Bolsonaro”, afirmou Diniz.

O deputado defendeu ainda dizer aos governadores “que não usam da sua força política para trabalhar para que o presidente fique elegível para 2026, muita calma, vai devagar com o andor, que todo mundo aqui está vendo o que está acontecendo.”

Em seu discurso, Diniz elogiou o governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) por ter quebrado a “hegemonia do PSDB” no estado de São Paulo e afirmou que “tem um monte de tucano agora querendo fingir que é bolsonarista”.

Diniz defendeu o apoio da bancada governista na Alesp, da qual faz parte, para aprovar as pautas de Tarcísio. “Aprovamos a privatização da Sabesp, colocamos no programa de governo e não só aprovamos, mas discutimos e permanecemos no plenário quando essa esquerda maldita tentou invadir o plenário, aí sim em um ato antidemocrático”, afirmou ele.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre