Luz no fim do túnel

CPI da conta de luz é aprovada na Aleac entre acusações e mais manobra da Mesa Diretora

Após acalorados debates entre os deputados contrários e favoráveis à instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que pretende investigar as contas de energia elétrica  dos consumidores acreanos, a mesa diretora do parlamento decidiu aprovar a matéria que deve ser publicado no Diário Oficial do Estado nesta quinta-feira (18), garantiu o presidente da Casa, deputado estádual Nicolau Júnior  (PP).

Em meio aos debates durante a sessão, houve acusações de supostas manobras da mesa diretora para barrar a CPI, que atendeu ao pedido de protocolamento de outros seis requerimentos, o que impediria o andamento da CPI das contas de energia. Alguns deputados foram inclusive colocados sob suspeita de ter recebido propina da Energisa para retirar as suas assinaturas.

Muito tumulto, ataques e manobras antes da aprovação da CPI/Diário do Acre

“O que me preocupa não é o status tão-somente dessa CPI. Agora, além das contas abusivas das contas de luz, eu também quero saber do extrato (bancário) de alguns deputados aqui que não querem o andamento dessa comissão. Eu fiquei sabendo que ontem (16), na hora que alguns deputados retiravam as suas assinaturas do requerimento da CPI, momentos antes haviam também recebido telefonemas da empresa Energisa. Isso sim é golpe, senhores”, disse o deputado Fagner Calegario (PV).