Atrás da moita

Dados sobre receitas e despesas do governo somem de vez do site da transparência

O governo de Gladson Cameli continua a esconder do contribuinte acreano informações sobre as receitas e despesas relativas aos primeiros cinco meses deste ano. Depois de denúncia feita pelo Diário do Acre, os dados de 2019 sumiram de vez do Portal da Transparência.

Desde que Cameli voltou a falar, no último dia 11 deste mês, sobre a possibilidade de decretar calamidade financeira, essas informações deixaram de constar no portal. Mas se antes era mostrada uma mensagem de erro, agora o site não exibe nem mesmo o ano de 2019.

Cameli está cada dia mais parecido com os antecessores do PT/Internet

A explicação mais plausível para a medida é que o governo, apesar de ter feito, no período, mais de 2 bilhões de reais em economias, estaria escondendo o fato para emplacar a versão segundo a qual não há dinheiro para bancar os gastos decorrentes do pagamento de aposentados e pensionistas. Essa tese é inclusive reforçada pela proposta de uma nova reforma administrativa na administração estadual. Será a segunda desde que Gladson assumiu o mandato.

Desta vez, porém, ao invés de diminuir o tamanho da máquina pública, a intenção é aumentá-la com a criação de 350 cargos em comissão.

A proposta que visa acalmar aliados e atrair adversários políticos deverá ser votada nesta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa.