Tipo 'importação'

Daniel Zen acusa Gladson de tentar contratar empresa de Manaus para transportar alunos ribeirinhos no Acre

O deputado estadual Daniel Zen (PT) acusou na manhã desta terça-feira (14) o governador Gladson Cameli (Progressistas) pelo atraso do ano letivo no município de Porto Acre. Segundo ele, o governo pretende conceder o serviço de transporte fluvial escolar a uma empresa sediada em Manaus, no estado do Amazonas.

Zen criticou a Secretaria de Educação pelo atraso do início do ano letivo naquele município. De acordo com o parlamentar petista, o Núcleo de Educação de Porto Acre ainda não abriu processo de licitação para contratação de barqueiros que realizam o transporte dos alunos ribeirinhos. A razão, acrescentou, seria a suposta intenção de Cameli de terceirizar o serviço para empresários do Amazonas.

Gladson: outra empresa do Amazonas, diz Daniel Zen/Internet

“Vejam vocês que absurdo, senhores deputados. O contrato com os barqueiros que faziam o transporte escolar dos que que residem às margens do Rio Acre não foi renovado até agora. Já são dois meses de atraso no ano letivo. E o governo, ao invés de priorizar os trabalhadores e donos de barco que já prestavam esse serviço, agora quer entregar tudo a uma empresa de Manaus”, afirmou Daniel Zen.

Ainda durante o discurso que fez da tribuna da Aleac, o deputado do PT responsabilizou o prefeito de Porto Acre, Bene Damasceno, de não ter disponibilizado transporte escolar aos alunos do projeto de Assentamento Tocantins.