Será dessa vez?

Defesa de ex-presidente Lula acredita que ele seja solto ainda esse mês

O advogado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, disse acreditar que a segunda turma do Supremo Tribunal Federal (STF) acate o habeas corpus de Lula no próximo dia 25 de junho. A expectativa de Zanin, é que o ministro Celso de Mello, acompanhe os ministros Ricardo Lewandowski  e Gilmar Mendes em favor da libertação.

O advogado conta também com uma possível reversão de votos da ministra Carmen Lúcia e do ministro Edson Fachin, que poderiam mudar de entendimento após os vazamentos das conversas entre Moro e Dallagnol. Três votos já serão suficientes para a liberação de Lula, já que a segunda turma do STF é composta por cinco ministros.