Ele quer os louros, mas esqueceu de fazer o dever casa

Saiu na imprensa nesta terça-feira, 10, uma matéria dizendo que os empresários do Acre destacam as exportações e geração de empregos sob a suposta liderança de um ex-senador petista que comanda hoje a ApexBrasil. Mas será mesmo? 

A notícia, com tom de publi-editorial, eleva o ex-senador a um patamar que nem faz tanto sentido para quem acompanha de perto as nuances do setor. O velho menino da floresta quer os louros, mas se esquece de fazer o dever de casa bem feito.

Vamos ser claros. O ex-senador sempre foi contra a soja e, além disso, ainda não conseguiu liberar o milho para o Peru e a carne acreana para a China.

Até agora, não mostrou a que veio na ApexBrasil em relação ao Acre. O Peru, nosso vizinho aqui do lado, compra 5 milhões de toneladas de milho da China. Estamos perdendo oportunidades.

Infelizmente, ainda sofremos com a falta de agentes aduaneiros e processos burocráticos que desmotivam cada vez mais os produtores do Acre. No ano passado, foi realizado um seminário com a presença do ex-senador, onde mais de 50 produtores acreanos pediram para que o milho entrasse no selo verde. Nada até agora.

É aquele velho ditado: gato escaldado tem medo de água fria.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre