“Em 2020, a culpa era nossa; agora a culpa é do clima”, diz Salles sobre os incêndios no Pantanal

“Os motivos dos incêndios no Pantanal são os mesmos, o que prova que as críticas que eles fizeram contra nós no passado eram absolutamente demagógicas. Só que agora é governo do Lula e da Marina, aí ninguém fala nada”, comentou com a coluna Entrelinhas o deputado federal (PL-SP) e ex-ministro do Meio Ambiente do governo Bolsonaro, Ricardo Salles.  A ministra do Meio Ambiente e Mudança Climática, Marina Silva, afirmou na segunda-feira (24) que as queimadas registradas no Pantanal são “fora da curva” e “uma das piores situações já vistas” no bioma. O Pantanal registrou mais de 3 mil focos de incêndio neste ano.

Salles diz que os motivos das queimadas são o excesso de matéria orgânica, o fato de não ser permitido o uso do chamado fogo preventivo, que serve para limpar a área, e de não deixarem usar o chamado “retardante de fogo”. O produto é atirado nas chamas pelos aviões que combatem os focos de incêndio.  “Ficam só jogando água. Isso é só desperdício de dinheiro. Não é eficiente”, afirma o ex-ministro do Meio Ambiente. “O mundo inteiro usa. É um produto que tem a sua composição química muito parecida com a dos fertilizantes, ou seja, não faz mal nenhum”, garante.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre