Cadê a polícia, governador?

Enquanto cidade dorme sob grande insegurança, Polícia Militar desaparece das ruas de Rio Branco; assista

Vídeo exclusivo do Diário do Acre, mostra uma cidade deserta e em mais de 10 quilômetros percorridos por vários bairros, nenhum PM ou viatura foi avistado por nossa equipe

Salomão Matos, do Diário do Acre

A violência sem controle que tomou conta do Acre, em especial a capital Rio Branco, pode ter relação direta com a ausência de policiamento ostensivo nos bairros e na área central da cidade.

Percorrer as vias públicas durante a noite, literalmente virou sinônimo de medo.

O que se pôde notar é uma cidade deserta – e diga-se de passagem, em todo o trajeto, também não foi notada a presença de nenhum transeunte nas vias e muito menos de policiamento. Assista ao vídeo:

Por medida de segurança, o repórter Salomão Matos solicitou a companhia de dois amigos para fazer as filmagens durante o trajeto.

A pergunta que não quer calar é a seguinte: em meio à onda de violência, roubos, furtos e assassinatos; onde, afinal, estão nossos policiais?

Recentemente, o governador progressista Gladson Cameli anunciou a contratação de mais de 500 homens para reforçar a segurança pública.

O vice-governador Major Rocha também chegou a comemorar, nas redes sociais, o que segundo ele, em pouco mais de 100 dias de administração, tem a certeza da diminuição da criminalidade, fato esse que infelizmente a população acreana ainda desconhece.

O vídeo foi gravado às 3h da madrugada desta terça-feira (23).