Escola desenvolve projeto de acolhimento e recreação para crianças desabrigadas

A Escola Estadual Leôncio de Carvalho, localizada no Ramal do Benfica, em Rio Branco, está desenvolvendo o projeto Jogos e Brincadeiras Indígenas, para crianças e adolescentes de 16 famílias desabrigadas pela cheia, que estão instaladas no espaço. Ao todo, 72 pessoas estão no local.

Entre os objetivos do projeto, além de levar brincadeiras e diversão às crianças, a escola busca conscientizar os indígenas, respeitando sua cultura e seus valores. Entre as brincadeiras desenvolvidas estão o jogo do rabinho, sol e lua, morto e vivo, bola ao túnel, queimada e jogo da lança.

No projeto, também, foram desenvolvidas diversas outras atividades, como contação de história. Em um segundo momento, as crianças desenvolveram desenhos livres, oportunidade em que puderam criar, à vontade, fazendo desenhos como lua, sol, rios e peixes.

A responsável pelo desenvolvimento do projeto é a professora de educação física Raimunda Nonata da Silva. As atividades foram finalizadas com um relaxamento e também com a distribuição de pipoca, pirulitos e balas.

“Esse projeto é uma forma de as crianças se descontraírem, de brincar, de esquecer um pouco a situação que estão vivendo, pois trata-se de uma triste realidade. Além disso, é uma forma também de podermos contribuir com a cultura desses povos tão sofridos que são os indígenas”, disse a professora.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre