Expoacre Juruá impulsiona cadeia produtiva de municípios acreanos

Durante cinco dias, a Expoacre Juruá, um dos eventos mais aguardados do calendário de Cruzeiro do Sul, abriu as portas para que agricultores, pecuaristas, extrativistas e empreendedores locais e dos municípios do entorno, Rodrigues Alves, Feijó, Tarauacá e Marechal Thaumaturgo, exibissem seus produtos e inovações, impulsionando a venda direta e proporcionando uma remuneração mais justa.

Iniciativa do governo do Acre, por meio da Secretaria de Agricultura (Seagri), a feira, encerrada no domingo, 3, celebrou a cultura rural, oferecendo uma visão ampla e inspiradora da cadeia produtiva da região.

O município de Tarauacá é conhecido como terra do abacaxi, fruto que marcou espaço no evento, ao lado do açaí de Feijó e a diversidade de feijões de Marechal Thaumaturgo, que também cativou a população.

Diretamente de Rodrigues Alves, a produtora Maria Cordélia Silva participou da feira e ressaltou: “Trabalho com a Cooperativa de Agricultura do Vale do Juruá e valorizo esse meio de trabalhar coletivamente. Aprecio o empenho do governo em proporcionar um espaço como este da Expoacre, abrindo uma grande porta para nós, produtores”.

Outra expositora do ambiente é Nataíres Ferreira, presidente da Associação de Mulheres Trabalhadoras Rurais por Liberdade e Amor (Amuralha). Também de Rodrigues Alves, a produtora rural vendeu sabonetes de açaí, copaíba, andiroba, murumuru, buriti e patauá.

A Expoacre Juruá não é apenas um evento agropecuário tradicional, mas uma vitrine do extrativismo na região. Ao destacar a cadeia produtiva, o evento reafirma o compromisso do Acre em se tornar uma referência na produção agropecuária eficiente.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre