CHUVA DE CANDIDATO

Filósofo e advogado Sanderson Moura anuncia sua candidatura à prefeitura de Rio Branco

Advogado, historiador, escritor, filósofo, orador, professor de retórica, líder motivacional e tribuno do júri, dentre tantas atribuições, Sanderson Moura se diz pronto para tentar a prefeitura de Rio Branco nas eleições de 2020.

Ao Diário do Acre disse: “Estamos colocando nosso nome como candidato ou pré-candidato a prefeito de Rio Branco, visando em dar uma contribuição para nossa cidade em termos não só de educação, mas também de infraestrutura. Rio Branco está precisando de um amor maior, mais limpeza, mais organização, mais cor, mais vida. Onde os bairros precisam estar mais estruturados, com mais condições de iluminação, estrutura, quadras, esportes, onde a prefeitura esteja presente em todos os espaços da nossa cidade. Uma cidade onde a pessoa chegue e sinta que há uma beleza, uma organização, um amor, onde há limpeza, ordem e a presença do poder público.”

Sanderson Moura está ciente que um dos principais desafios será competir com o crime organizado que predomina hoje na cidade, pelo futuro dos jovens rio-branquenses: “A prefeitura precisa contribuir para o desenvolvimento com esportes, lazer e cultura. Trazendo alegria e competições para alegrar os jovens, os tirando do crime organizado no sentido de proporcionar espaços no desenvolvimento da arte, da cultura, do esporte e do lazer.”

Assíduo leitor, enquanto a média nacional é ler dois livros por ano, Sanderson conta à nossa reportagem que já leu 51 livros em 2019, é ainda fundador da Escola de Atenas, uma escola que ensina oratória gratuitamente através de Symposium a partir de um referencial da antiga sabedoria greco-romana, demonstrando sua admiração pelo tema:

“Quando um líder gosta de ler, gosta de estudar, quando o prefeito gosta de aprender, gosta de música, de arte, de filosofia, de ciência, de esportes. Quando um prefeito gosta de cultura clássica, gosta dos artistas, dos músicos, dos professores. Quando um prefeito é amigo do saber, todo um movimento favorável acontece  dentro do espaço público de uma cidade. Então é nisso que vejo que posso dar uma contribuição melhor até do que qualquer outro candidato, nessa visão de cultura, filosofia e ciência. Nessa visão clássica da cidade, da democracia, do espaço público e da escola. Pretendo desenvolver a oratória na escola, incentivando os alunos a aprenderem a arte de falar bem. Pretendo melhorar os espaços públicos com uma arquitetura greco-romana, que esses espaços possam espelhar a beleza da própria Atenas clássica, tornando a cidade de Rio Branco inspirada na Atenas clássica.”

Sanderson Moura palestrando no XII Symposium da Escola de Atenas. Imagem/Arquivo pessoal

Sobre estar pronto para liderar a administração pública da cidade, o Dr. Sanderson cita o conceito de MasterMind do escritor norte-americano, Napoleon Hill:

“Um líder não precisa entender de tudo, não precisa entender de todo tipo de saber, mas precisa saber gerir as competências, precisa saber escolher outros líderes que tenham competência para administrar as pastas e todas as dimensões de uma prefeitura. Escolher as pessoas certas, comprometidas para cuidar bem das secretarias. O líder precisa saber trabalhar com outros líderes. Ele pode não entender de tudo, mas ele deve entender de pessoas, de liderar pessoas e competências coletivas para administrar uma cidade.”