PENDURICALHOS

Funtac pagará dívida de R$ 120 mil deixada pelo PT por distribuição de camisinhas

A Fundação de Tecnologia do Estado do Acre (Funtac) reconheceu publicamente uma dívida no valor de R$ 119,8 mil deixada pelo governo do petista Tião Viana ao sucessor, Gladson Cameli (Progressistas). A publicação feita no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta-feira (8) afirma que o débito com a empresa Logsul Investy Ltda. é relativo à prestação de serviços de transporte e distribuição de preservativos masculinos.

Segundo o termo assinado pelos representantes da Funtac e da Logsul, os serviços foram prestados entre agosto de 2017 e janeiro de 2018.

Gladson Cameli e Tião Viana: restos a pagar/Foto: reprodução

A empresa credora havia vencido a licitação realizada pelo governo no ano de 2016, prestou os serviços e não recebeu os valores acertados no contrato.

O termo de reconhecimento garante ainda que o recurso para a quitação da dívida sairá dos cofres estaduais.