Linhas-dura

Marcio Bittar e Sérgio Moro discutem meios para acelerar votação de pacote anticrime no Congresso Nacional

O senador Marcio Bittar (MDB) se reuniu na tarde desta segunda-feira (6) com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para tratar sobre medidas capazes de dar celeridade à votação do Pacote Anticrime no Congresso Nacional.

Bittar é relator do projeto de criminalização do caixa dois no Senado, e foi o primeiro a apresentar parecer entre os indicados para relatar as três propostas inspiradas no pacote de medidas protocolado pelo ministro da Justiça na Câmara Federal.

Moro elogiou proposta de endurecer ainda mais a pena/Ascom

Com a decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), em priorizar a Reforma da Previdência, os senadores decidiram tomar para si a responsabilidade de encaminhar, na Casa, as propostas de Sérgio Moro.

Ao senador do MDB do Acre, o ministro afirmou ter lido o relatório e elogiou a proposta de mudança que prevê, nos casos em que o dinheiro do caixa dois seja produto de crime, o aumento de um a dois terços da pena estabelecida de 2 a 5 anos de prisão, a depender da circunstância.

Marcio Bittar disse ainda apoiar a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça, medida defendida por Sérgio Moro.