Sem regalias

Marcio Bittar quer aumentar pena de prisão a condenados de 30 para 50 anos

O senador Marcio Bittar (MDB-AC) fez um pronunciamento na tribuna para defender o Pacote Anticrime do Ministro da Justiça, Sérgio Moro.

Segundo ele, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei de sua autoria que aumenta a pena máxima de reclusão no Brasil de 30 para 50 anos, sem progressão de regime.

Bittar considerou absurdas as leis penais atuais no país, que favorecem apenas os criminosos, enquanto as vítimas permanecem sem nenhum amparo do governo.

senador do MDB do Acre também defende o fim do auxílio reclusão/Internet

“No meu estado do Acre, por exemplo, há vários casos em que o advogado do preso diz que ele já pode progredir para o regime semiaberto, e o preso simplesmente não quer. Sabem por quê? Ele diz para o advogado: “Doutor, eu preciso ficar aqui mais uns dois ou quatros meses para terminar de quitar as parcelas do carro que comprei com o auxílio-reclusão. Isso é inadmissível”, lamentou Bittar.

Ainda de acordo com o senador do MDB do Acre, é preciso acabar com as chamadas “saidinhas” do Dia das Mães, por exemplo.

“Como pode alguém que matou os próprios pais ter direito a um benefício como esse?”, questionou.