Ou vai ou racha!

Marcio Bittar se reúne com secretário da Previdência para tratar sobre reforma

O senador e vice-líder do governo Marcio Bittar (MDB-AC) se reuniu na manhã desta sexta-feira (17) com o secretário da Previdência, Rogério Marinho, para tratar sobre a aprovação da reforma previdenciária no Congresso. Segundo o parlamentar, o diagnóstico do setor mostra a urgência nas medidas propostas a fim de que a economia do país volte a permitir investimentos e as contas públicas sejam saneadas.

Bittar e Marinho estão de acordo quanto à extrema necessidade de que a Câmara e o Senado agilizem os trâmites de votação das medidas. Ele se colocou à disposição do secretário para trabalhar pela aprovação da reforma, se comprometendo ainda a angariar apoio de outros parlamentares.

Marcio Bittar e Rogério Marinho em encontro desta sexta/Assessoria

Segundo dados de um levantamento feito pelo governo de Jair Bolsonaro, a população brasileira envelhece em ritmo acelerado e, em pouco tempo, haverá mais pessoas recebendo benefícios previdenciários do que aquelas que contribuem para a Previdência. Isso inviabilizará o sistema a ponto de ameaçar o pagamento das pensões e aposentadorias.De acordo com esses dados, em 2016 mais de 52 milhões de brasileiros contribuíam para a Previdência, enquanto 33,2 milhões recebiam benefícios. Para cada aposentado ou pensionista, havia pouco mais de 1,5 contribuindo.

As projeções são ainda piores: sem a Reforma da Previdência, em 2050 o número de contribuintes cairá para 43,9 milhões, enquanto o de aposentados será superior a 61 milhões de pessoas.

“Estou à disposição do governo para aprovarmos a reforma, por ter a clareza de que sem ela não haverá futuro para os aposentados e nem perspectivas para a economia do país”, disse Marcio Bittar a Rogério Marinho.