MEI tem à disposição cinco opções de empréstimo; entenda

Ser um Microempreendedor Individual (MEI) no Brasil é uma realidade para milhões de pessoas que buscam autonomia e crescimento financeiro.

Para apoiar esses empreendedores, o governo federal e instituições financeiras oferecem diversas opções de empréstimos com condições especiais, facilitando o acesso ao crédito e incentivando o desenvolvimento dos pequenos negócios.

O Desafio do Acesso ao Crédito para MEIs

Embora o MEI tenha um faturamento anual limitado a R$ 81 mil, muitas vezes enfrenta dificuldades para conseguir empréstimos em bancos tradicionais. A complexidade burocrática e as exigências de garantias costumam ser obstáculos que dificultam o acesso ao crédito. No entanto, há soluções específicas criadas para atender às necessidades desses empreendedores.

Cinco Formas de Empréstimo para MEIs

1. Pronampe (Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte)

Criado durante a pandemia de Covid-19, o Pronampe é destinado a micro e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 300 mil. O programa oferece empréstimos de até R$ 300 mil, com taxa de juros de 6% ao ano mais a taxa Selic e prazo de pagamento de até 48 meses, incluindo 11 meses de carência.

2. BNDES Microcrédito

Oferecido pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), o Microcrédito é voltado para microempreendedores formais e informais. Com limite de crédito de até R$ 21 mil e taxa de juros limitada a 4% ao mês, o programa possibilita investimentos no negócio e crescimento sustentável.

3. FAMPE – Sebrae

O Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas (FAMPE) do Sebrae atua como uma garantia para MEIs que necessitam de crédito. Utilizado como garantia complementar, o FAMPE permite que o empreendedor obtenha empréstimos em bancos parceiros do programa, facilitando o acesso ao crédito.

4. Empréstimo Pessoa Jurídica

Para essa opção, o MEI deve possuir uma conta jurídica em um banco. Movimentar regularmente essa conta fortalece o relacionamento com a instituição financeira, aumentando as chances de obtenção de crédito com condições vantajosas.

5. Cartão de Crédito para Pessoa Jurídica

O cartão de crédito PJ é uma alternativa prática e versátil para MEIs. Além de facilitar compras de mercadorias e matéria-prima, permite o parcelamento de despesas, proporcionando flexibilidade financeira para o empreendedor.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre