O QUE É ISSO, CAMARADA?

Prefeito terá de devolver recursos pagos indevidamente a pré-candidata do PT

A pré-candidata do Partido dos Trabalhadores à prefeitura do município do Jordão, Nágela Maria de Figueiredo Silva, foi flagrada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) recebendo recursos públicos de forma indevida. Como consequência, o prefeito e aliado Elson Lima de Farias (PCdoB) terá de indenizar os cofres públicos em R$ 5.927,50.   

Nágela é ex-secretaria de educação do Jordão e pré-candidata do PT/Foto: reprodução

Segundo a decisão, aprovada por unanimidade após conclusão do relator, conselheiro Antônio Jorge Malheiro, a petista é servidora da educação estadual e os pagamentos lhe foram feitos entre fevereiro e abril de 2016. O acórdão do TCE foi publicado no Diário Eletrônico de Contas em meados de agosto deste ano.

Ainda de acordo com os conselheiros do TCE, Nagela Maria teria recebido os valores sem “a devida contraprestação de serviços” ao município.   Além da obrigação de devolver o montante da restituição, o prefeito do PCdoB foi multado em 10% do valor pago ilegalmente à aliada do PT.