Produtores familiares da pecuária leiteira da regional do Baixo Acre são beneficiados com insumos para melhoria da produção

Com o objetivo de aumentar a qualidade da cadeia produtiva do leite, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura (Seagri) e Programa REM Acre – Fase II, entregou na última quarta-feira, 1º, 16 toneladas de calcário para sete produtores familiares de dois municípios do Acre, sendo seis em Senador Guiomard e um no Bujari. Ao total, cada produtor recebeu 42 sacos de calcário para aplicação nas áreas de pasto que necessitam de recuperação.

O calcário é um importante estimulante para o desenvolvimento do solo, reduz a acidez, proporciona à vegetação uma melhor absorção de nutrientes, recupera áreas degradadas, ajuda na preparação e potencialização as áreas de pasto já formadas, além das áreas que irão surgir.

O produtor rural, Rocelli Vale Batista, morador de Senador Guiomard, ressaltou a importância desse apoio, “nós que somos produtores vivemos da terra, e ter essa parceria com o Estado ajuda a dar um aumento na produção e na qualidade do nosso produto, como o leite”, disse o produtor.

O subprograma Pecuária Diversificada Sustentável recebe 25% dos recursos destinados à aplicação local pelo Programa REM Acre – Fase II, e apoia o projeto Pecuária + Eficiente da Seagri, na realização de diversas ações para atender os produtores rurais do estado, possibilitando análises de solo, assistência técnica, entrega de insumos para recuperação de áreas degradadas, além da implementação de placas solares para diminuição do custeio da produção do leite.

O chefe do Departamento de Agronegócio da Seagri, Jalceyr Pessoa, destaca que a entrega do calcário nas propriedades possibilita uma melhoria na produção do leite, gerando emprego e renda.

“Com o calcário aplicado no solo, as pastagens que estão improdutivas e com pouco fornecimento nutricional para os rebanhos sofrerão uma recuperação de nutrientes, o que ocasiona uma melhora e aumento na produção de leite sem a necessidade de abrir novas áreas, proporcionando geração de renda para os produtores e produtos para a nossa população”, destacou Pessoa.

O Programa REM é fruto de cooperação financeira entre os governos do Acre, da Alemanha e Reino Unido, através do Ministério Federal de Cooperação e Desenvolvimento Econômico da Alemanha (BMZ) e o Departamento de Segurança Energética e Net Zero do Reino Unido (DESNZ), por meio do KfW, para implementação de projetos voltados a conservação das florestas que, por meio de diversos órgãos, beneficiam milhares de produtores rurais, ribeirinhos, extrativistas e indígenas.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre