Regional da Sobral passa por verdadeira reforma com o Asfalta Rio Branco

Quem percorre as ruas e travessas da Regional da Sobral, a maior de Rio Branco, que compreende 22 bairros da capital acreana, após o Programa Asfalta Rio Branco da prefeitura já percebe uma nova realidade.

Em 11 bairros, como os do Carandá, João Eduardo 1 e 2, Pista, Glória, Aeroporto Velho, Ayrton Senna, Boa União e o Loteamento Santo Afonso, por onde os homens e máquinas do Asfalta Rio Branco já passaram, o sentimento de gratidão está em cada sorriso.

”Está sendo muito bom, porque há tempos aí a gente estava esperando e agora veio aí essa obra e muito bem feita, por sinal muito bem feita, que está sendo um bairro inteiro” disse o vigilante Wilkens Mateus.

A auxiliar escolar Ana Patrícia, fala das dificuldades de antes para quem morava em meio a lama e os buracos

“Era difícil. As ruas eram muito esburacadas. Aqui tem cadeirantes, tem pessoas idosas, tem muitas crianças, mas graças a Deus agora já está tudo asfaltado, tudo bonitinho. E eu creio que isso vai beneficiar muitas pessoas aqui do bairro Carandá”.

A dona de casa Sirneide Alves, também não esconde a alegria de ver o asfalto finalmente passando na rua onde ela mora

“Parabéns porque está melhorando cada dia mais aqui. E quem foi embora não deu valor, agora se arrependeu. Porque aqui está ficando filé. Está ficando ótimo aqui. A todo mundo, parabéns. Nós estamos ficando orgulhosos de morar aqui no Carandá.”

Davi Pinheiro que é diretor da escola de ensino infantil João Paulo Primeiro, há oito anos, no João Eduardo 1, diz já ter perddido as contas de quantas reinvindicações havia feito ao poder público para que a rua do colégio fosse asfaltada, mas ouvia apenas promessas e nada mais.

“A situação aqui era precária. A rua era extremamente esburacada, em dias de chuva, era um caos para as crianças entrarem, chegarem na escola e quando chegavam, chegavam todas lameladas, nós tínhamos que levar muitas vezes para lavar os pés, lavar a criança que caia, trocar de uniforme, porque a situação era meio complicada aqui. Já tem uns nove anos, só do meu mandato já tem oito anos e meio, e eu venho reivindicando isso. Os moradores já reivindicavam antes disso também. Agora veio, está fazendo um serviço bacana, está ficando bom.”

Também sobre melhorias no bairro onde mora, o líder comunitário do João Eduardo 1, Douglas Costa, lembrou que nenhum morador pode viver somente de promessas e ilusão.

“A situação era a seguinte, que a gente viveu de promessa. Vivemos de promessa e fizemos várias reivindicações e não foram atendidas. Tinha até mais de 16 anos sem ser executado nenhum tapa-buraco, nenhum recapeamento. E hoje está aí a bênção. Muita benção, porque uma rua asfaltada hoje é muito bom. A população agradece. Então acho muito importante, muito válido”.

Morador há 27 anos na rua São Francisco na baixada da Sobral, o servidor público estadual, Jorge Saraiva, disse não ter palavras de agradecimento em poder ver o asfalto finalmente passando na frente da casa onde ele mora.

“Aqui no nosso bairro sempre foi muito difícil. Em todas as gestões a gente reivindicava. Teve até uma vez, na época de outros governos passados, outra prefeitura passada, que houve um serviço, mas não ficou tão bom quanto esse que foi feito agora. A gente anda pelas ruas da cidade e também vê muitas ruas boas, prontas, ruas bem feitas. Isso é muito bom para a cidade de Rio Branco. A situação aqui era precária, era muito buraco. Para a gente entrar aqui nessa rua a gente batia os carros, o fundo do carro batia, arranhava, quebrava. Então assim foi muito difícil, mas graças a Deus hoje nós estamos com um serviço bom aqui. Só o tapete, só alegria”.

Até que todo o cronograma previsto de asfaltamento e serviços de tapa-buracos sejam concluídos, as 11 equipes da Prefeitura de Rio Branco permanecerão como programa Asfalta Rio Branco na regional da Sobral.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre