Rio Branco investe mais de R$ 6 milhões em tratamento de resíduos sólidos com recurso próprio

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, esteve, nessa quarta-feira (7), na Unidade de Tratamento de Resíduos Sólidos (Utre) acompanhado pelos secretários municipais de Meio Ambiente (Semeia), Carlos Nasserala, de Cuidados com a Cidade (SMCCI), Joabe Lira, e a secretária de Educação (Seme), Nabiha Bestene. Todos foram ver a quarta célula do aterro sanitário que está prevista para ser entregue ainda no primeiro semestre deste ano.

É importante destacar que a célula é feita próxima ao lixão que foi remediado, ou seja, que recebeu cobertura de argila e grama, selado com manta impermeável para proteger a pilha da água de chuva e onde pode ocorrer a captação de chorume e gás para a proteção do lençol freático.

O investimento de mais de R$ 6 milhões é fruto de recurso próprio da municipalidade que preza pela melhoria da qualidade de vida da população. A obra vai permitir que todo o lixo gerado seja diariamente condicionado da melhor forma possível, evitando dano ao meio ambiente e melhorando assim a saúde pública.

“Estou feliz porque é uma obra grandiosa e fundamental para o meio ambiente. A Prefeitura de Rio Branco nunca tinha feito uma célula com recurso próprio, sempre foi dinheiro federal para poder cuidar da Utre. A célula recebe o lixo de toda cidade. Me sinto orgulhoso de dizer que o valor de mais de R$ 6 milhões não é do governo federal e sim, da prefeitura, coisa que nunca aconteceu antes. Estamos tratando o meio ambiente como ele deve ter tratado, nós não estamos economizando o recurso quando se fala de cuidar do meio ambiente, na prática, sem muita conversa”, disse o prefeito.

Segundo o secretário municipal de Meio Ambiente (Semeia), Carlos Nasserala, a nova célula será utilizada assim que o tempo de uso da terceira célula chegar ao fim. O gestor destacou ainda que a previsão de uso da nova célula é de aproximadamente quatro anos.

“Nós vamos inaugurar quando finalizar a terceira célula que deve durar até o mês de abril. Então vamos escolher uma data e informar para toda a população, autoridades estadual, municipal e federal, para prestigiar a inauguração da quarta célula da Utre”, informou o secretário.

Para Magno Mendes, dono da empresa ganhadora da licitação, a obra foi estipulada para ser realizada dentro de 180 dias e foi entregue dentro do prazo. Segundo o empresário, a gestão está de parabéns em ter firmado o compromisso com a empresa e ter realizado o pagamento em dia.

“Trabalhar em Rio Branco foi bem tranquilo, o secretário Carlos Nasserala é uma pessoa muito correta, muito séria, bem como o prefeito. Os pagamentos sempre em dia, o que é raro de você encontrar no Brasil afora, e só tenho a agradecer, espero que a obra esteja a contento e que possa trazer todos os benefícios necessários para a população”.

Tópicos:

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre