A CASA NÃO É DO POVO!

Sessão de votação da reforma da previdência começa sem público nas galerias da Aleac

Ao que tudo indica, a sessão que vai decidir o futuro de dezenas de milhares de servidores públicos estaduais terá cadeiras vazias nas galerias da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) – e apesar da multidão que continua a se aglomerar do lado de fora do Legislativo Estadual.

Os deputados deverão decidir ainda hoje, em votação, a aprovação ou não da reforma da previdência proposta pelo governo Gladson Cameli.

Deputado Jenilson Leite tenta negociar entrada de manifestantes/Foto: Diário do Acre

O deputado Jenilson Leite (PCdoB) ainda tentou negociar a entrada de algumas pessoas no prédio, entre os quais representantes de sindicatos. Ele chegou inclusive a dizer que se responsabilizava por eles, mas seu apelo foi em vão.

Cadeiras seguem vazias nas galerias da Casa do Povo.  

Esse dia vai entrar p história

Em discurso da tribuna, Jenilson questionou o plano do governo de Cameli, que prometeu valorização dos servidores.

“Que valorização é essa? Entrou na justiça para evitar a greve da saúde… e agora impede os trabalhadores de entrarem na Assembleia para ver a votação da Reforma? Cadê os servidores aqui dentro para dizer não à essa reforma? Estão do lado de fora, impedidos de entrar”, protestou o deputado em pronunciamento feito há pouco.