Senador Alan Rick determina expulsão de pré-candidato acusado de indução ao aborto

O senador Alan Rick, presidente estadual do União Brasil, determinou à executiva municipal da sigla a expulsão do pré-candidato a vereador, funcionário público Sérgio Souza, conhecido como Lola, preso na última sexta-feira, 14, pela Polícia Civil de Porto Walter, acusado de estupro e indução ao aborto a uma adolescente de 13 anos.

Segundo nota encaminhada pela assessoria do parlamentar neste sábado, 15, toda a trajetória de vida e atuação política do senador Alan Rick é pautada na defesa da vida e da família, desde que assumiu o primeiro mandato de deputado federal, onde tem sido uma voz ativa na luta contra o aborto no Congresso Nacional.

Alan ainda cita que repudia qualquer ato de violência e atentado contra o direito à vida do nascituro. “Como presidente estadual do União Brasil, já determinei que a executiva municipal tome as medidas para a expulsão do pré-candidato”, explicou.

Além de tomar medidas administrativas partidárias, o senador expressou solidariedade à vítima e informou que já entrou em contato com César Andrade, prefeito de Porto Walter, bem como com os secretários estaduais de Saúde e Assistência Social, solicitando todo o suporte necessário para a adolescente.

Tópicos:

PUBLICIDADE

Preencha abaixo e receba as notícias em primeira mão pelo seu e-mail

PUBLICIDADE

Nossa responsabilidade é muito grande! Cabe-nos concretizar os objetivos para os quais foi criado o jornal Diário do acre